quinta-feira, 26 de março de 2015

Nova diretoria da Ematerce toma posse nesta sexta

Antonio Amorim
A nova diretoria executiva da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce) toma posse nesta sexta-feira (27), no auditório da sede da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), a partir das 9h.

A nova diretoria executiva será formada pelo contador e sindicalista Antônio Rodrigues de Amorim, pelo diretor técnico Walmir Severo Magalhães e pelo diretor administrativo e financeiro Maximiliano César Pedrosa Quintino de Medeiros. Os diretores tomam posse para um mandato de quatro anos.

O tauaense Antônio Amorim foi diretor da CUT Estadual de 1982 a 1991 e delegado Regional da Federação dos Trabalhadores da Agricultura do Estado do Ceará – FETRAECE, em Crateús-CE, de 1986 a 1995.

Walmir Severo Magalhães, diretor técnico, é engenheiro agrônomo, assume a diretoria técnica da Ematerce pela quarta vez. Já Maximiliano César Pedrosa Quintino de Medeiros é graduado em Licenciatura e Bacharelado em Geografia pela Universidade Estadual do Ceará (Uece), e ocupa pela segunda vez consecutiva a diretoria administrativa e financeira da Ematerce.

Revista The Economist diz que brasileiros foram vitimas de estelionato eleitoral

A edição da revista inglesa ‘The Economist’ chega às bancas brasileiras neste final de semana com duras críticas a presidente da República, Dilma Rousseff. Segundo a publicação em seu novo editorial, os brasileiros estão fartos da presidente. O texto intitulado “Lidando com Dilma”, afirma que a petista mentiu na campanha e os eleitores estão percebendo que foram vítimas de um “estelionato eleitoral”.

A revista, no entanto, afirma que um impeachment seria uma má ideia. O texto cita ainda o fato de Dilma ter presidido o conselho da Petrobras de 2003 a 2010, quando os promotores dizem acreditar que mais de 800 milhões de dólares foram roubados em propinas e canalizados para os políticos do PT e aliados.

Além disso, a revista afirma que Dilma venceu as eleições presidenciais de outubro “vendendo uma mentira”. As críticas continuam no aspecto econômico. A publicação observa que os  erros cometidos no primeiro mandato de Dilma levaram o Brasil à situação de crise atual, que exige corte de gastos públicos e aumento de impostos e juros.

Diz, no entanto que apesar de ser considerada dogmática ou incompetente, ninguém acredita seriamente que ela enriqueceu. “Contraste com Fernando Collor que embolsou o dinheiro.” O editorial também afirma que as instituições estão trabalhando para punir os criminosos.

Dilma se reúne com governadores do Nordeste e promete priorizar obras contra seca

A presidente Dilma Rousseff (PT) se reuniu, ontem, com os nove governadores do Nordeste, em Brasília, e afirmou que vai priorizar obras federais em andamento, principalmente as que são relacionadas à seca. No Ceará, entra no rol de prioridades, segundo o Governo do Estado, a obra do Cinturão das Águas. Os gestores estaduais, após alinharem a pauta de cobrança em reunião horas antes, cobraram investimentos do Governo Federal.

Entre os itens prioritários, os governadores pediram a liberação de linhas de financiamento de crédito, a continuidade de investimentos em programas federais, a taxação de grandes fortunas para o financiamento da Saúde, a prioridade ao Nordeste em programas de segurança pública e o reforço em programas emergenciais de convivência com a seca, como poços, carros-pipas e adutoras.

O governador do Estado, Camilo Santana (PT), disse ter ficado satisfeito com a reunião. Relacionada às prioridades apontadas por Dilma está a obra do Cinturão das Águas que interligará o abastecimento no Ceará a partir da transposição do São Francisco. No dia 8 de abril, os governadores nordestinos terão novo encontro em Natal. Em 15 de maio, eles se reunirão com as bancadas estaduais em Brasília.  

O encontro é um desdobramento da recriação do Fórum dos Governadores do Nordeste em dezembro do ano passado, encabeçado por Camilo. O governador do Ceará recebeu, recentemente, a incumbência do Palácio do Planalto de articular diálogo com os gestores do Nordeste para criar um plano estratégico de desenvolvimento da região.

Participaram do encontro de ontem os governadores Camilo Santana (Ceará), Rui Costa (Bahia), Flávio Dino (Maranhão), Wellington Dias (Piauí), Paulo Câmara (Pernambuco), Renan Filho (Alagoas), Robinson Faria (Rio Grande do Norte), Ricardo Coutinho (Paraíba) e Jackson Barreto (Sergipe).

Também estiveram presentes na reunião o vice-presidente da República Michel Temer (PMDB) os ministros da Casa Civil, Aloizio Mercadante, da Fazenda, Joaquim Levy, do Planejamento, Nelson Barbosa, da Previdência, Carlos Gabas, e da Secretaria de Relações Institucionais, Pepe Vargas.

Aderilo Alcântara debate com jovens, políticas públicas para a juventude

 
A prefeitura de Iguatu realizou na tarde desta terça-feira (24) um grande seminário: Desafios e Perspectivas para a Juventude Iguatuense, no ginásio da EEF João Paulino tendo a participação maciça da juventude. 

O prefeito Aderilo Alcântara deu as boas vindas aos jovens presentes no evento onde na oportunidade foram debatidas as políticas públicas voltadas para os jovens discutindo vários eixos com apresentação de propostas com ações para a juventude do município. 

Educação, cultura, saúde, segurança, meio ambiente, trabalho, esporte, assistência social foram temáticas entre os jovens que apresentaram, no final, propostas destro desses temas apresentados. 

O deputado Agenor Neto esteve participando no encerramento do seminário onde conversou com a juventude e já está agendando um outro seminário para discutir ações voltadas para os jovens com propostas para que ele possa levar para a Assembleia Legislativa.

SESC realiza solenidade de entrega da comenda Mulher de Fibra 2015


O SESC realizou na noite desta terça-feira (24) a entrega da comenda Mulher de Fibra 2015. Este ano, as 10 mulheres agraciadas foram: Geovânia David de Sousa Menezes (Educação), Ermelinda Almeida Viana de Abreu (Saúde), Eduarda de Aquino Queiroz (Justiça), Lucia de Fátima Felipe (Cultura), Maria Leuda Holanda Lavor (Social), Helena Maria Santos Antoninho (Empresária), Maria de Fátima Sales (Comerciária), Maria Neuba Nogueira Rocha (Igreja), Francisca Mariana da Silva – Luzanira (Povo) e Claudia Correia Gonçalves (AMI). 

O prefeito Aderilo Alcântara esteve presente para prestigiar esse importante momento do SESC onde participou da entrega das comendas.

segunda-feira, 23 de março de 2015

Comissão de Justiça e Paz e autoridades se reúnem para debater situação carcerária de Iguatu


Aconteceu na manhã desta segunda-feira, dia 23 de março, no Hotel Diocesano, uma importante reunião com a participação da Comissão de Justiça e Paz de Iguatu, Ministério Público, Pastoral Carcerária, Igreja católica de Iguatu, OAB, Poder Legislativo, Poder Executivo e o vereador Ronald Bezerra que foi representando deputado estadual Agenor Neto.

O objetivo da reunião foi discutir a situação carcerária de Iguatu que segundo o Dr. Leydomar Nunes que preside a Comissão de Justiça e Paz está em condições precárias. Segundo ele, o município de Iguatu já precisa de um novo presídio e de imediato, o estado tem que fazer uma reforma na atual estrutura carcerária que fica localizado no bairro Paraná. 

O local, segundo ele e a pastoral carcerária, não oferece a mínima condição de abrigar presos de Iguatu e presos que vem de outros municípios. A estrutura está defasada sem condições mínimas de funcionamento com instalações elétricas, hidráulicas, fito-sanitárias comprometidas. A atual situação do presídio não dar a condição de cumprimento do sistema de regime determinado pelo Código Penal brasileiro. 

Após o debate ficou determinado que haverá uma audiência pública na Câmara Municipal, no dia 24 de abril para debater o assunto de forma mais ampla com a possível presença do Secretário de Justiça do Ceará, além dos representantes políticos do município.  

Avaliação positiva de governo Dilma despenca e 59,7% são a favor de impeachment

Dilma tem visto sua popularidade cair a cada dia
A avaliação positiva do governo da presidente Dilma Rousseff despencou em relação a setembro, segundo pesquisa CNT/MDA divulgada nesta segunda-feira (23), que apontou ainda que 59,7 por cento dos entrevistados são favoráveis a um impeachment da presidente, em meio a protestos contra o governo e a dificuldades enfrentadas pelo Executivo no Congresso Nacional.

O percentual dos que avaliam o governo da petista como ótimo ou bom despencou para 10,8 por cento, contra 41 por cento na pesquisa anterior, divulgada no final de setembro.

A soma dos que consideram o governo ruim ou péssimo foi de 64,8 por cento, ante 23,5 por cento na sondagem anterior.

De acordo com o levantamento do instituto MDA, encomendado para a Confederação Nacional dos Transportes (CNT), 23,6 por cento consideram o governo regular, ante 35 por cento na pesquisa anterior.

A sondagem apontou ainda que apenas 18,9 por cento aprovam o desempenho pessoal de Dilma, contra 55,6 por cento na pesquisa anterior, ao passo em que 77,7 por cento desaprovam, ante 40,1 por cento em setembro.

Ainda de acordo com a pesquisa, dos que acompanham o noticiário sobre as denúncias de irregularidades na Petrobras, 68,9 por cento consideram a presidente culpada pela corrupção que está sendo investigada e 67,9 por cento culpam o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Para a pesquisa, foram entrevistadas 2.002 pessoas entre os dias 16 e 19 de março. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais. Fonte: DN

sábado, 21 de março de 2015

Prefeitura de Iguatu realiza trabalho de recuperação da estrada que liga Vila Penha ao Gadelha



A Prefeitura de Iguatu realizou trabalho de recuperação da estrada que liga Distrito de Gadelha à Penha. O trabalho de recuperação daquele trecho foi autorizado pelo prefeito Aderilo Alcântara numa solicitação dos vereadores Marciano Baião e do líder político, Paulo Moisés. 

O serviço foi feito na manhã deste sábado, dia 21 de março. Durante a execução da obra, Marciano Baião foi ver de perto o trabalho, ao lado de Paulo Moisés, Renato da Penha e o secretário da Executiva, Marquinhos do Cardoso. 

Esse serviço de recuperação de estradas tem se intensificado durante a gestão do prefeito Aderilo Alcântara que não tem medido esforços para deixar as estradas vicinais com boa trafegabilidade levando conforto e segurança às pessoas.

sexta-feira, 20 de março de 2015

Maiores açudes do Ceará têm perdas de água por conta da seca

Sangradouro do Açude Orós
Os dois maiores açudes do Estado, o Castanhão, na Bacia do Médio Jaguaribe, e o Orós, no Alto Jaguaribe, vêm perdendo água a cada mês, reduzindo o volume devido à perda por evaporação, liberação de água para irrigação e para o consumo humano e animal. A situação mais crítica é a do Castanhão, que acumula 22,6% de sua capacidade que é de 6,7 bilhões de metros cúbicos. O Orós está com 46% de seu volume total.

A perspectiva de chuvas abaixo da média, ocasionando a impossibilidade de recarga nos reservatórios, preocupa o governo e os produtores rurais. O Açude Castanhão tem papel importante na irrigação do Perímetro Jaguaribe-Apodi, onde há extensas áreas de cultivos de frutas e capineiras, do vale do Baixo Jaguaribe, na criação de tilápias em tanques-redes e no abastecimento da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

Nesse contexto, o Açude Orós é uma reserva estratégica. Em 1993, ainda quando não havia o Castanhão, foi o Orós que abasteceu Fortaleza, salvando os moradores da Capital de um colapso no abastecimento de água. Resultado: o Orós chegou ao seu volume morto. Esse fato ainda hoje traz preocupação e povoa o imaginário das famílias da bacia da barragem como um fantasma que ameaça voltar depois de sucessivos anos de estiagem no sertão cearense. Cada um desses reservatórios perde, em média, 0,2% do volume por semana. Fonte: DN

Dia de São José choveu pouco no interior do Ceará

Iguatu teve chuvas abaixo da média este ano 
O prognóstico da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) é de que tenhamos poucas chuvas nesta quinta-feira (19), Dia de São José. Até ontem, choveu apenas 218 mm no primeiro trimestre de 2015. Para se ter uma ideia do que esse número representa, vale salientar que a média histórica para o período é de 432 mm. Isso significa dizer que, faltando 13 dias para o fim do mês de março, há um déficit de 216 mm, de quase 50%.

Fazendo uma análise mensal, temos o preocupante quadro: em janeiro, foi observado apenas 28,4 mm, quando a média histórica é de 98,7 mm. O chamado desvio foi de 71,2%. Em fevereiro, a situação melhorou um pouco: foram registrados pelos pluviômetros 98,2 mm. Historicamente, a média é de 127,1, ou seja, o desvio foi um pouco menor que o mês anterior, apenas 22,7 milímetros.

Em relação a março, o desvio atual é de 55,4%. Entretanto, faltam ainda 13 dias para fechar a conta. Foram observados 92,1 mm, diante de uma média histórica de 206,2mm.

Em todas as regiões, até agora, choveu menos do que a média histórica. Eis os números relativos ao primeiro trimestre de 2015: janeiro, Litoral de Fortaleza (88,7 mm), Maciço do Baturité (54mm) e Cariri (36 mm); fevereiro, Ibiapaba e Litoral de Fortaleza obtiveram o mesmo índice (142mm) e Litoral Norte (126 mm); março (parcial), Litoral Norte (153 mm), Litoral de Fortaleza (136,5 mm) e Litoral do Pecém (105,6 mm).

Vale destacar que, apesar de abaixo da média, as precipitações registradas em fevereiro, de 142 mm, no Litoral de Fortaleza e na Ibiapaba, se aproximaram bastante da média história, que é, respectivamente, de 145,8 mm e 145,7 mm.

A Fundação vai renovar o prognóstico sobre o dia 19 hoje, para apresentar um quadro mais preciso ainda. Conforme o meteorologista David Ferran, a ausência ou diminuição das precipitações nos últimos dias deveu-se à aproximação do sistema Vértice Ciclônico de Altos Níveis, que afastou a Zona de Convergência Intertropical (ZCI), responsável pelas chuvas do Ceará, para o Hemisfério Norte.

quinta-feira, 19 de março de 2015

Seminário debate Boas Práticas para o Programa Prefeito Amigo da Criança em Iguatu



O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente-CMDCA e a Comissão Municipal de Avaliação e Acompanhamento do Programa Prefeito Amigo da Criança de Iguatu-CE, realizaram na tarde desse dia 18 de março, na Escola de Música Popular Humberto Teixeira, o Seminário Iguatu: Boas Práticas PPAC.

O Seminário teve como objetivo a escolha de uma entre as Boas Práticas desenvolvidas,  com foco na  garantia de direitos de crianças e adolescentes, que representará o município na Seleção de Boas Práticas do Programa Prefeito Amigo da Criança da Fundação Abrinq - Save the Children.

A programação teve início às 14h com a apresentação do garoto Joaquim, aluno de Acordeon da Escola de Música Humberto Teixeira. Em seguida foi a vez do Coral do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do CRAS II e a fala das autoridades presentes.

Dando continuidade, os técnicos apresentaram as práticas desenvolvidas pelas secretarias e ao final da tarde, após avaliação da Comissão PPAC e da plenária, foi apresentado o Projeto “Me Deixa Ser Criança” como representante do município para Seleção do Programa Prefeito Amigo da Criança. O projeto é desenvolvido pela Secretaria de Assistência Social através do CREAS e conta com a parceria de várias secretarias, do Conselho Tutelar e do CMDCA.

“É maravilhoso além das apresentações com crianças e adolescentes ver o brilho nos olhos dos técnicos e a empolgação com que os mesmos apresentaram os projetos. Foi uma tarde surpreendente", afirmou a Presidente do CMDCA e da Comissão PPAC, Rejania Lima. Texto: CMDCA

Vereador Ronald Bezerra é atendido pelo prefeito Aderilo com obras de recuperação da Estrada do Sítio Tambiá

 
O prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara atendendo a uma solicitação do vereador Ronald Bezerra, enviou equipamento para recuperação da estrada que liga as localidades de Cruirí, Sítios Tambiá e Jenipapeiro. 

De acordo com Ronald Bezerra, "as estradas estavam em condições precárias de tráfego e através do meu pedido ao prefeito Aderilo, de pronto ele enviou a máquina para fazer o patrolamento dessa importante estrada, haja vista que esse trecho passam diariamente muitas pessoas, entre estudantes, pessoas que trabalham na cidade, produtores que tem que escoar sua produção e agora a estrada vai dar melhores condições de ir à cidade com mais conforto e segurança", disse Ronald.

Essa já é a segunda vez que esse trecho recebe esse benefício de melhoria na gestão do prefeito Aderilo. Ronald Bezerra acrescentou ainda que tem sido assim a gestão de Aderilo quando tem atendido a várias solicitações suas no atendimento às necessidades de regiões representadas por ele. 

A melhoria de estradas na zona rural tem sido constante na administração de Aderilo onde recentemente ele esteve na região do Carrapicho II inaugurando a estrada daquele trecho atendendo moradores dos Sítios Veados, Vertentes e Carrapicho II.

Secretaria de Agricultura de Iguatu recebe equipe da Defesa Civil do Estado para entrega de tickets de abastecimento



Na manhã desta quarta-feira (18), a equipe da Defesa Civil do Ceará esteve na sede da Secretaria de Agricultura e Pecuária do município de Iguatu para entrega dos ticket's de abastecimento feito através de carros pipas. 

A secretária Edileuza Pereira participou ao lado de lideranças comunitárias e representantes das comunidades abastecidas pela Defesa Civil. De acordo com o Sargento Clemildo, a entrega é feita aos beneficiados com o objetivo de ter um maior controle da entrega da água em cada residência nas respectivas comunidades atendidas. 

Já a secretária Edileuza aproveitou e sinalizou que ainda falta a Defesa Civil do Estado desburocratizar mais esse sistema de entrega já que, segundo ela, há ainda algumas dificuldades documentais para que essa entrega seja mais célere quando há a dificuldade de pagamento das empresas que transportam a água. 

Ainda existe também o atraso no repasse de recursos para a Defesa Civil por parte do Governo Federal. Isso tem gerado também dificuldades na chegada do benefício até as famílias.

Cid Gomes pede demissão após discutir com deputados na Câmara

Cid nem bem tomou gosto como ministro e já deixou o cargo
Depois de discutir com deputados no plenário e abandonar o recinto da Câmara em meio à sessão na tarde desta quarta-feira (18), o ministro da Educação, Cid Gomes, foi ao Palácio do Planalto e pediu demissão à presidente Dilma Rousseff, que aceitou.

O pedido ocorreu logo depois de o ministro participar na Câmara dos Deputados de sessão em que declarou que deputados “oportunistas” devem sair do governo.

"A minha declaração na Câmara, é óbvio que cria dificuldades para a base do governo. Portanto, eu não quis criar nenhum constrangimento. Pedi demissão em caráter irrevogável", declarou o ministro.
Do plenário, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, chegou a anunciar a demissão antes mesmo de ter sido oficializada. "Comunico à Casa o comunicado que recebi do chefe da Casa Civil [ministro Aloizio Mercadante] comunicando a demissão do ministro da Educação, Cid Gomes", anunciou Cunha no plenário.

Depois, a Presidência da República divulgou nota oficial com o seguinte teor: "O ministro da Educação, Cid Gomes, entregou nesta quarta-feira, 18 de março, seu pedido de demissão à presidenta Dilma Rousseff. Ela agradeceu a dedicação dele à frente da pasta."

No Palácio do Planalto, após ter pedido demissão, Cid Gomes falou em defesa da presidente Dilma Rousseff, que ele disse considerar ter “as qualidades necessárias” para governar o país.

Na garagem privativa do palácio, ele classificou a presidente como uma pessoa “séria” e avaliou que o combate à corrupção adotado pelo governo “fragilizou” a relação dela com boa parte dos partidos.
“O que a Dilma está fazendo é limpar o governo do que está acontecendo de corrupção. Essa crise de corrupção é uma crise anterior a ela. Ela está limpando e não esta permitindo isso. Ela está mudando isso. E isso, óbvio, cria desconforto”, afirmou. “Vocês viram quantos deputados do PP recebiam mensalidade de um diretor da Petrobras? Isso é que era a base do poder e ela [Dilma] está mudando isso”, disse Cid Gomes, ao citar a lista de políticos investigados pelo Supremo Tribunal Federal por suspeita de envolvido com o esquema de corrupção revelado pela Operação Lava Jato.

O agora ex-ministro da Educação completou ao dizer que o Congresso Nacional virou o “antipoder” e aposta no “quanto pior, melhor”, frase repetida diversas vezes pela presidente Dilma ao falar “dos que pregam a instabilidade institucional” no país.

“Eu considero o Legislativo fundamental para a democracia. O que é lamentável é a sua composição, a forma do parlamento se relacionar com o poder. Virou o antipoder. Ou tomam parte do poder ou apostam no quanto pior, melhor para assumir o poder”, completou.

O ministro também disse "lamentar" pela educação por deixar o cargo neste momento. “Lamento muito. Agradeço, mas estou aqui entregando o cargo de ministro. [...] Estou feliz. Lamento pela educação do Brasil, porque tem muito o que fazer e eu estava entusiasmado. Mas, enfim, a conjuntura política impede a minha presença”, disse.

A sessão
Cid Gomes deixou o plenário da Câmara depois de ter sido criticado por mais de uma hora pelas lideranças partidárias. A ofensiva dos deputados ocorreu depois de o ministro afirmar que deputados da base aliada que têm cargos na administração federal deveriam "largar o osso".
Cid Gomes foi convocado pelos deputados devido a uma declaração de que a Câmara tem "uns 400 deputados, 300 deputados" que "achacam", dada durante um evento do qual participou no último dia 27 na Universidade Federal do Pará.

O ministro iniciou a fala dizendo que "respeita" o Congresso e admitindo que deu a declaração. Ele tentou justificar a fala afirmando que era uma posição "pessoal" e não como ministro de Estado, quando começou a receber críticas de parlamentares presentes.

Diante das manifestações em plenário, Cid subiu o tom e chegou a apontar o dedo ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), dizendo que prefere ser acusado pelo peemedebista de ser "mal educado", a ser acusado de "achacar" empresas, no esquema de corrupção da Petrobras.

“Eu fui acusado de ser mal educado. O ministro da Educação é mal educado. Eu prefiro ser acusado por ele [Eduardo Cunha] do que ser como ele, acusado de achaque, que é o que diz a manchete da Folha de S.Paulo”, afirmou Cid Gomes.

Ele disse ainda que "muitos" parlamentares que integram a base de sustentação do governo agem com "oportunismo". Cid também apontou o dedo em direção ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha,
As declarações geraram fortes ataques dos parlamentares em plenário. Lideranças da base aliada e da oposição pediram a demissão do ministro. Em meio às críticas, ele deixou o plenário e foi indagado por jornalistas se pediria demissão, conforme os apelos feitos pelos deputados.

O ministro respondeu que, se fosse pedir demissão, não anteciparia o fato à imprensa. “A presidenta resolverá o que vai fazer. O lugar é dela, sempre foi dela. E eu aceitei, para servir, porque acredito nela. Se eu fosse pedir demissão, eu não teria, por dever de ética, antecipar”, afirmou.

O ministro explicou ainda que deixou o plenário antes do término das falas dos líderes partidários porque se sentiu “agredido”. “Eu fui convocado, não estava no meu desejo. Já tinha vindo aqui na Câmara duas ou três vezes para conversar com os deputados. Comecei a minha vida no parlamento e respeito o parlamento. Agora, infelizmente fui convocado e agredido. Nessa condição penso eu que estou liberado”, declarou.

Cid Gomes deixou a Câmara dirigindo o próprio carro e com um sorriso no rosto, enquanto apoiadores que vieram do Ceará para acompanhar o pronunciamento dele gritavam palavras de apoio. Fonte: G1

terça-feira, 17 de março de 2015

PMDB propõe fim da reeleição e do financiamento privado de campanhas

Eunício, Renam e Michel Temer
A proposta apresentada pelo PMDB sobre a reforma política pede o fim da reeleição e a manutenção do financiamento privado de campanhas, desde que limitado a um candidato por cargo. O projeto foi elaborado pela Fundação Ulysses Guimarães – instituição de pesquisas e estudos do PMDB – e entregue nesta terça-feira ao vice-presidente da República, Michel Temer.

No documento de oito páginas, também estão propostas de adoção do voto distrital puro, o chamado distritão, com a eleição dos candidatos com mais votos; o fim das coligações nas eleições proporcionais; mandatos de cinco anos para deputados, vereadores e chefes do Executivo (federal, estadual e municipal) e de dez anos para senadores.

Ao receber o documento, Temer disse que o Congresso Nacional é o “senhor absoluto” da reforma política e que acredita na votação do assunto ainda este ano. “Temos a obrigação de não falharmos neste momento, precisamente no instante em que o PMDB ocupa a presidência do Senado e da Câmara.  O país confia muito que agora a reforma política vai”.

A proposta peemedebista de reforma política prevê ainda o fim da reeleição, com extensão dos mandatos de quatro para cinco anos. O período de transição já começaria nas eleições municipais de 2016. O partido também defende a chamada cláusula de desempenho, que impede o funcionamento parlamentar de partido que não alcançar 5% dos votos em pelo menos um terço dos estados. A medida chegou a ser aprovada em 1995, mas foi declarada inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal por ser considerada prejudicial aos pequenos partidos.

Cid confirma ida amanhã à Câmara mas não diz o que fará

Cid vai à Câmara nesta quarta-feira
Embora esteja afastado oficialmente do cargo para tratamento de saúde até o dia 21, o ministro da Educação, Cid Gomes, não cancelou sua ida à Câmara dos Deputados para prestar esclarecimentos aos parlamentares nesta quarta-feira

Inicialmente, a audiência estava marcada para a quarta-feira passada, dia 11, mas, no dia anterior, o ministro passou mal e foi internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, com um quadro de "sinusite, traqueobronquite aguda e pneumopatia". 

A ausência de Cid e o respectivo motivo foram informados ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), por meio de ofício do ministro interino da Educação, Luiz Cláudio Costa, enviado na manhã do dia em que foi marcada a audiência. Fonte: Ceará News

Dilma estuda mandar Aloizio Mercadante para Educação e Cid perderia espaço

Dilma Roussef
A presidente Dilma Rousseff está mesmo disposta a fazer uma reforma política após três meses de seu segundo mandato, e pressionada pelas manifestações realizadas no último final de semana e embates internos.

Aconselhada pelo ex-presidente Lula, com quem ela se reuniu na noite desta segunda-feira (17), a mexida em áreas em áreas específicas do primeiro escalão terá como principal ojbetivo dar mais espaço ao PMDB, e garantir o apoio do partido às medidas do ajuste fiscal.


Em uma das principais mudanças, Dilma estuda enviar o atual chefe da Casa Civil para a Educação, hoje sob o comando de Cid Gomes (PROS-CE), fragilizado desde que entrou em atrito na Câmara Federal. Fonte: Ceará News

domingo, 15 de março de 2015

Mais de 20 mil pessoas se reúnem em Fortaleza em manifestação contra o governo

Manifestação em Fortaleza (Foto: Renato Bezerra)
Na última sexta-feira (13), milhares de pessoas foram às ruas de diversas cidades brasileiras, incluindo Fortaleza, em defesa da presidente Dilma Roussef (PT). Hoje, foi a vez do movimento contrário sair em passeata em todo o País. Na Capital cearense, a concentração aconteceu na Praça Portugal, reunindo cerca de 15 mil pessoas, segundo contagem da Polícia Militar. 

Entre as bandeiras levantadas pelos participantes estavam críticas à desigualdade social e à violência, mas principalmente os gritos, faixas e cartazes de Fora Dilma e de repúdio ao ex-presidente Lula e ao Partido dos Trabalhadores. Também estavam entre as palavras de ordem pedidos por mais saúde e pela redução do número de deputados e senadores.

O protesto teve início às 10h30 com a execução do Hino Nacional e a oração do Pai Nosso, quando cerca de seis mil manifestantes já estavam reunidos. Famílias com crianças também participaram da manifestação, que permaneceu pacífica ao longo de toda a manhã. Cerca de 400 policiais militares foram destacados para o entorno, dos quais 180 do Batalhão de Choque.

No início do protesto, o tráfego ficou parado na Avenida Dom Luís, embora a via não estivesse bloqueada pelos órgãos de trânsito. O grupo ficou concentrado no local até perto do meio dia, quando saíram em caminhada para a Avenida Beira Mar e liberaram o tráfego no entorno da Praça Portugal.

Neste momento, o público estimado já ultrapassava 20 mil pessoas. Os manifestantes caminharam até o Jardim Japonês, onde discursaram e encerraram o protesto, novamente, ao som do Hino Nacional.

Segundo a Polícia Militar, ao longo do dia foram realizadas algumas revistas de suspeitos e um jovem foi conduzido à viatura de polícia por portar na mochila uma chave de fenda, capa, estilete e tesoura. Por volta das 11 horas, um grupo de manifestantes estendeu uma faixa com os dizeres “Intervenção Militar Constitucional Já”, mas foram expulsos, sob intervenção da polícia que escoltou o grupo para fora da concentração. Fonte: DN

Prefeito Aderilo Alcântara inaugura estrada que dar acesso aos sítios: Carrapicho II, Veados e Vertentes



Na noite deste sábado (14), o prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara, ao lado do deputado estadual Agenor Neto, vereadores, secretários e lideranças comunitárias esteve na região do Distrito de Alencar para inauguração da nova estrada que foi totalmente recuperada atendendo a população dos sítios Veados, Vertentes e Carrapicho II. 

Os moradores dessas comunidade havia reivindicado ao prefeito Aderilo a recuperação daquela estrada que se encontrava sem condições de trafegar, gerando desconforto, dificuldade e insegurança para quem precisava sair e chegar naquelas localidades. 

O serviço foi concluído com satisfação para todos os residentes nos sítios Veados, Vertentes e Carrapicho II. Um trecho de mais de 7km, totalmente recuperado e agora dando condições de trafegabilidade para os moradores. 

A prefeitura de Iguatu recentemente inaugurou também 30km de estrada na região de Logradouro e Cajás e tem sido constante o trabalho de recuperação de todas as estradas da zona rural do município. 

Prefeitura de Iguatu inicia nesta segunda-feira, levantamento de luminárias para Coelce fazer reposição


A prefeitura de Iguatu começa nesta segunda-feira (16), a fazer o levantamento em todo o município, do quantitativo de luminárias do parque de iluminação pública que se encontram queimadas e com defeitos para que seja repassado à Coelce que se comprometeu a realizar o serviço de reposição e conserto de todo o parque de iluminação de Iguatu e, assim fazer a entrega oficial para a administração do prefeito Aderilo Alcântara. 

Essa ação faz parte de um acordo firmado entre a prefeitura e a Coelce, numa reunião que aconteceu na semana passada que teve a participação do prefeito Aderilo Alcântara, a gerência do escritório local da Coelce e vereadores. 

Desde janeiro que a manutenção da iluminação pública dos municípios passaram para as gestões públicas municipais que ficou determinado que a empresa Coelce entregasse o parque de iluminação totalmente sanada onde até o momento, aqui em Iguatu, a Coelce ainda não tinha feito a reposição de lâmpadas queimadas fazendo com que o prefeito Aderilo Alcântara solicitasse que fosse feito esse serviço para poder receber oficialmente a iluminação pública e partir daí ficar fazendo a manutenção. 

Após esse levantamento, espera-se que a Coelce faça os devidos consertos e, assim, a população possa contar com uma iluminação sem apresentar problemas.